CaminhõesDiversos

Tipo de carretas: Tudo sobre os principais modelos de carga

Você sabia que existem diferentes tipo de carretas de carga que se adaptam a diferentes necessidades de transporte. Podem ter carrocerias abertas ou fechadas, e transportar 33 ou 74 toneladas, dependendo do serviço contratado.

Tipo de carretas Tudo sobre os principais modelos de carga

Existem diferentes tipos de carreta, tais como: carreta baú, sider, porta contêiner, graneleiro, basculante, cabideiro, prancha e assim por diante. Diferentes tipos de carreta. Cada um deles é adequado para transportar cargas diferentes.

Tipo de carretas o que são carretas de carga e como funcionam

Os reboques de carga são veículos articulados de transporte cujas principais características devem ser divididas em 2 partes: o cavalo e o corpo.

O cavalo é a parte da frente, onde estão localizados a cabine do motorista, o motor e as rodas motrizes. A atividade física é a parte para onde vai a carga. No caso de reboques, é chamado de semi-reboque.

O mesmo cavalo é capaz de puxar vários módulos de carroceria ao mesmo tempo e esses módulos podem ser de formato diferente, fechado ou aberto, entre outras características que permitem o aumento da capacidade de carga ou o transporte de cargas diversas.

Se alguém lhe disser que um trailer e um caminhão são a mesma coisa, a partir de agora você poderá explicar por que não são. O reboque é articulado e precisa ser acoplado ao trator, pois não possui força motriz própria.

Portanto, o reboque é composto por duas estruturas: um cavalo mecânico, com cabine, motor e rodas de tração; e uma peça semi-reboque, que é presa ao cavalo por um engate.

O caminhão, também, é a estrutura “total”, que inclui a cabine, o motor e a carroceria, que pode ser de três formas:

  • Aberto, em forma de gaiola;
  • Fechado (baú);
  • Equipado com equipamentos de refrigeração para o transporte de mercadorias congeladas e refrigeradas.

Principais tipos de carretas

Tipo de carretas de 2 eixos

É composto por 3 eixos no cavalo mecânico e 2 eixos no semirreboque. Tem capacidade de transporte de 33 toneladas, e seu comprimento máximo é de até 18,15 metros. É usado para transportar produtos secos e produtos a granel, como arroz, óleo, açúcar, grãos.

Tipo de carretas carretas de 3 eixos

Possui 2 eixos, enquanto seu semirreboque tem 3. Portanto, a capacidade máxima de peso é de 41,5 toneladas. O comprimento chega a 18 metros. Estes podem ser laterais, graneleiro, grade inferior, tronco, entre outros. Até os traseiros recebem potência do motor, o que aumenta o desempenho do caminhão.

Carreta prancha

Neste modelo, as laterais do espaço são abertas, sem grades. Tende a ter alta resistência e, por isso, é amplamente utilizado para transportar máquinas de grande porte. Alguns itens que são transportados desta forma são:

  • Escavadores;
  • Tratores;
  • Carros, entre outros.

Ideal para quem vai mover coisas que não podem ser desmontadas ou divididas em duas partes.

Carreta cavalo trucado

É igual aos modelos anteriores, mas possui 3 eixos em seu cavalo mecânico e 3 eixos no semirreboque. Este reboque pode transportar 45 toneladas.

Bitrem e tritrem

Um bitrem é um tipo de carreta com um cavalo mecânico e dois semirreboques. O mesmo vale para o tri-trem, porém, são utilizados três semi-reboques. Todos estão conectados com um engate tipo B (quinta roda)

Normalmente, um bitrem tem 7 eixos e pode transportar 57 toneladas. Há também um modelo bit-train de 9 eixos (bitrenzão), que é muito popular. Com ele, a capacidade de carga aumenta para 74 toneladas. No entanto, não pode exceder 30 metros de comprimento e possue possui duas articulações.

Carreta Sider

Este modelo caracteriza-se por ser um reboque totalmente fechado. Portanto, é a melhor forma de salvar mercadorias de problemas como mudanças climáticas (como chuva, vento, granizo), vegetação, entre outras coisas que podem afetar a qualidade das mercadorias.

É a melhor opção para quem transporta itens de alto valor ou frágeis, como alimentos, bebidas, eletrônicos, itens que podem ser danificados se molharem (como embalagens de papelão), entre outros.

Rodotrem

Entre os tipos de reboques existentes, o rodotrem é aquele com um caminhão e dois semirreboques, conectados por um veículo intermediário chamado dolly. Sua capacidade de transporte é de até 74 toneladas, possui três articulações.

Um rodotrem pode ter no mínimo 25m e até 30m de comprimento. Devido à sua estrutura pesada, dependendo da rota e da extensão, precisa de autorização especial para circular.

Carreta baú

Este modelo caracteriza-se por ser um reboque totalmente fechado. Portanto, é a melhor forma de salvar mercadorias de problemas como mudanças climáticas (como chuva, vento, granizo), vegetação, entre outras coisas que podem afetar a qualidade das mercadorias.

É a melhor opção para quem transporta itens de alto valor ou frágeis, como alimentos, bebidas, eletrônicos, itens que podem ser danificados se molharem (como embalagens de papelão), entre outros.

Graneleira

Geralmente é um carrinho usado quando o grão produzido por uma empresa agrícola é transportado entre dois pontos. No entanto, não se limita a eles, podendo também transportar fertilizantes, barras de ferro, entre outras coisas importantes. O graneleiro é coberto com uma lona presa ao redor do trailer.

Enfim, agora você já sabe distinguir os tipos de carreta para saber qual investir na sua empresa. Portanto, tome a decisão certa ao planejar a consolidação de bagagens e seu transporte.

Veja também:

Sonata 2022: Conheça o Hyundai de última geração

As motos mais caras do mundo

Tipo de carretas

Qual a diferença entre caminhões e carretas?

Embora seja óbvio que caminhões e carretas sejam mercadorias que transportam mercadorias na estrada, muitos não entendem suas especificações e diferenças. Ele também pode se mover pelas cidades em alguns casos.

A principal diferença é que os caminhões são considerados veículos fixos ou monobloco e os reboques são veículos articulados.

Os caminhões são construídos em uma única peça, onde estão localizados a cabine, o motor e a carroceria, que é a parte destinada ao transporte de mercadorias.

No entanto, os reboques são veículos especificados porque a unidade de carga é separada, dividida em duas partes: a primeira tem a cabine, o motor e as rodas de tração, enquanto a segunda tem as unidades de carga.

Tecnicamente falando, a primeira parte é chamada de trator e a segunda é um semi-reboque.

Vantagens e desvantagens dos diferentes tipo de carretas

Vantagens e desvantagens dos diferentes tipo de carretas

Vantagens:

Altamente indicado para expandir suas oportunidades de negócios

Como os reboques de carga são veículos que permitem diferentes configurações e diferentes tipos de carga, eles acabam sendo curingas de transporte.

Além disso, poder atender a um grande portfólio de necessidades facilita em tempos de crise, quando é necessário garantir o maior número de serviços possível.

Os reboques de carga podem transportar um grande número de itens leves, bem como cargas pesadas ou grandes.

Desvantagens:

Acima de tudo é necessário muito cuidado com a manutenção, desta forma você garante que o sistema de suspensão funcione e reduza o impacto que acontecerá no asfalto, principalmente em locais inusitados, com lombadas e situações semelhantes.

Devido ao seu peso e comprimento, os caminhões de carga geralmente não podem circular em áreas urbanas e têm horários especiais de deslocamento.

HenriquePN02

Apaixonado por carros e motos, disponibilizando informações do mundo automobilístico ao site Auto News - Revista Informativa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios